Blog

[Brincando e aprendendo: a importância do brincar na vida das crianças]

Brincando e aprendendo: a importância do brincar na vida das crianças

Atividades lúdicas para o desenvolvimento infantil

Basta observar uma criança brincando para perceber a importância das atividades lúdicas para o desenvolvimento infantil.

Se você já faz parte do mundo dos adultos, deve lembrar qual era sua brincadeira preferida, se gostava de brincar sozinho ou acompanhado, se fazia aviãozinho de papel. Tudo isso diz muito a respeito de quem você se tornou.

Muito, já foi discutido e estudado sobre a importância das atividades lúdicas na vida das crianças, e o que se comprova é que reproduzindo situações vivenciadas no dia a dia, as crianças reconstroem a própria realidade de acordo com sua personalidade, preferências e vontades.

Por meio das brincadeiras, as crianças exercitam sua capacidade e habilidade de criar, imaginar e recriar situações, vividas no mundo real. É comum vermos uma criança de 4 anos fingindo estar lendo um livro, em voz alta e  neste momento, ela está criando, imaginando e inventando ou até mesmo repetindo uma história que ela já ouviu tantas vezes que acabou decorando. Este exercício é muito importante para seu aprendizado de alfabetização e percepção da linguagem oral para escrita.

E por que nós, adultos, não devemos estragar a brincadeira?

Porque sabemos da importância das atividades lúdicas para o seu desenvolvimento intelectual, e sabemos que brincadeiras como essa são fundamentais para que as crianças desenvolvam habilidades sociais e emocionais.

Hoje em dia é comum casais optarem por apenas um filho e logo sentem a necessidade de proporcionar o convívio e a interação da criança com outras crianças, que pode ser na própria escola pois é na experiência do brincar com outras crianças que são estabelecidas noções básicas de respeito e convivência.

É importante que as crianças estejam em contato com outras, que podem ter ou não a mesma idade, quanto mais cedo tenham contato umas com as outras, mais rica será a construção do seu repertório de interação social, porque é desta forma que nos constituímos como sujeitos e deixamos aflorar traços da nossa personalidade. Através do contato com o outro irão aprender a compartilhar o brinquedo, a respeitar o outro, a esperar a sua vez, entre outros aprendizados que vão preparando as crianças para viver em sociedade. Nas brincadeiras, elas são livres para criar, inventar histórias, imaginar personagens...

Além disso, o brincar contribui para o aprendizado formal. É possível usar a amarelinha para aprender matemática, teatrinhos para aprender palavras novas, jogos para aprender geografia. Há muitas maneiras de combinar brincadeiras e educação.

O mesmo acontece com arte e lazer. A criança é curiosa e criativa, mas dificilmente passará um tempo grande contemplando uma obra de arte. Ela precisa participar, interagir para fazer sentido e ter significado. Por isso, é necessário cada vez mais, pensarmos em espaços que proporcionem estas experiências e vivências.

O Museu da Imaginação é um desses lugares que une arte, cultura, educação e o brincar.

As crianças gostam mesmo, é de brincar e se divertir. Por isso, pensamos em um espaço em que elas pudessem literalmente, mergulhar em obras de arte, conhecer e vivenciar processos criativos, seus, de outras crianças e dos artistas.

É muito mais interessante conhecer a arte do artista Monet, mergulhando em um universo de suas ninfeias criado em um espaço sideral pelas instalações do Museu da imaginação. Da mesma forma que é mais prazeroso aprender o valor da colaboração quando suas pedaladas ajudam um personagem a atravessar uma ponte, como no brinquedo, Ponte Maluca, na estação lúdica.

Todas as experiências vivenciadas no Museu da Imaginação comprovam a importância do livre brincar no desenvolvimento e na vida das crianças. A alegria, a brincadeira, a oportunidade de vivências significativas e o cuidado com o aprendizado das crianças é o que nos move a continuar criando nossas instalações, exposições e atividades geradoras de sensibilidades e de sorrisos.

Palavras-chave: Museu da imaginação, Importância das atividades lúdicas, livre brincar, Importâncias das brincadeiras no desenvolvimento Infantil.

Quero meu ingresso para visitar o museu da imaginação