Blog

[Tecnologia na vida das crianças: prós e contras]

Tecnologia na vida das crianças: prós e contras

A tecnologia na vida das crianças pode trazer diversos benefícios, porém é preciso ter um equilíbrio para não afetar no seu desenvolvimento. Leia mais!

Neste mundo altamente tecnológico, com aparelhos para quase tudo, é preciso que as pessoas busquem uma vida equilibrada, analisando e revendo sua natureza humana e suas necessidades. Na educação das crianças é ainda mais importante cuidar da influência das tecnologias no seu dia a dia para que não sejam prejudiciais à sua formação.

Além disso, é importante lembrar que a tecnologia não deve ser utilizada simplesmente para descanso dos pais, como uma forma para os filhos ficarem quietos.

Prós da tecnologia na vida das crianças

Sabemos que a tecnologia é um grande avanço no mundo e é impossível que as crianças não tenham contato com ela. Ela não é uma vilã, mas uma aliada que, se bem utilizada, traz grandes benefícios aos pequenos. Vejamos alguns prós dessa ferramenta:

Desenvolvimento da comunicação

Com o que a criança assiste e ouve na tela, ela pode desenvolver a fala, seja repetindo os diálogos ou as músicas.

Desenvolvimento da capacidade cognitiva

Há uma expansão da interpretação do ambiente e da capacidade de tomada de decisões que estimulam o cognitivo. Ainda se pode perceber um raciocínio mais rápido.

Desenvolvimento da aprendizagem

Se usada corretamente, com equilíbrio, a tecnologia estimula o aprendizado, ajudando a desenvolver o foco e a atenção. A forma lúdica de vários jogos e aplicativos ajuda na assimilação de conteúdos, favorecendo a memória.

Contras da tecnologia na vida das crianças

As crianças estão cada vez mais inseridas no mundo tecnológico e tem se observado alguns transtornos ligados à saúde física, mental e às relações familiares, escolares e de amizades. Vamos entender alguns contras da tecnologia na vida das crianças:

Prática do isolamento

Embora seja um facilitador do desenvolvimento da linguagem, o mundo tecnológico também tem o efeito contrário: o isolamento. Muitas horas diante de uma tela, dentro de um quarto ou em um canto da casa, a criança vai diminuindo a capacidade de socialização e a formação de vínculos, podendo acarretar em transtornos comportamentais e mentais até mesmo para a vida adulta.

Aparecimento de distúrbios emocionais

Os problemas emocionais decorrentes da exposição exagerada aos aparelhos eletrônicos e aos conteúdos da mídia têm cada dia mais tomado proporções preocupantes. Ansiedade, irritabilidade, depressão e transtornos de sono e alimentação estão entre os principais distúrbios.

Desenvolvimento do sedentarismo

As tecnologias são viciantes e, se não há equilíbrio, as crianças deixam de ir jogar uma bola, brincar com amigos, conhecer lugares interessantes para ficarem ligadas nas telas. Além da limitação do conhecimento e da experiência de novas formas de aprender e se divertir, as crianças ficam expostas ao risco da obesidade.

Como evitar esses cenários de contras da tecnologia na vida das crianças?

O mundo tecnológico é a nossa realidade e as gerações estarão cada vez mais vinculadas a ele, inclusive desenvolvendo processos cada vez mais automáticos e eletrônicos. Os pais precisam gerenciar e equilibrar o uso da tecnologia, estipulando horários e oferecendo às crianças outras formas de conhecimento do mundo.

A vida de uma criança precisa ter um equilíbrio entre o que ela vive tecnologicamente e a sua vida real, o seu corpo no mundo, as atividades que promovam sua saúde física e mental e estimulam a criatividade e a imaginação, fazendo fluir a sua espontaneidade e simplicidade.

Aqui no Museu da Imaginação você encontra diversas opções de atrações, oficinas e dicas para se divertir com seus filhos e criar momentos alegres em família. Acesse nosso site e confira!

Clique aqui para comprar seu ingresso